google.com, pub-9406155428626038, DIRECT, f08c47fec0942fa0
top of page

É um dia cinza...

E posso escutar o eco, ecoo, ecooo, ecoooo… resonando nas janelas. Vou andando sem saber onde é a chegada e tenho algumas pedras de tropeço, mas não as uso para construir nada porque seria um fardo muito grande levar todas nos ombros, na verdade as faço voltar pelo mesmo caminho que vieram, sem colocar nenhum bônus em cima e sigo em silêncio.


Não gasto meu tempo tentando retrucar algo tão vazio, ele mesmo encontra sua resposta no meu inretorno firme e mudo. Acabo por notar que preciso cestar um tanto antes de partir.


Não me recordava do quão exaustivo é ter que lidar com tantos e mais uns bocados daqueles que ainda não se entendem sendo eles mesmos e que na falta de raciocínio entram em erupção tentando cair por cima, quando só conseguem rastejar pela vida.


Mesmo os pequenos ou incompletos, esses passos me carregam aos poucos e muitas vezes doloridos ao que chamo de agora preciso treinar para mais uma maratona…


Beijim 💋

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating

Newsletter

Monthly content

Thanks for subscribing!

Category

Tags

News

Files

bottom of page